sábado, 27 de dezembro de 2008

Palhaços no circo de Monte Carlo

E como nesta altura de Natal/Ano Novo é habitual a presença do circo, especialmente o festival internacional de Monte Carlo que todos os anos nos chega através da televisão, hoje decidi partilhar um momento animado de humor. São os palhaços!

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Sara Tavares - One Love

Hoje, uma musiquinha para animar...pode ser uma boa sugestão para a passagem de ano!

PS: não consegui encontrar o videoclip da musica :\

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Nasceu Jesus em Belém

Nesta noite, numa gruta em Belém, nasceu Jesus, aquele que viria a ser o Salvador. Fica aqui a narração do acontecimento segundo o evagelho de São Lucas.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Natal, época de solidariedade

Para os cristãos o Natal é a celebração do nascimento de Jesus, portanto é o dia de aniversário deste homem de vital importância para a historia da humanidade. Todos nós, no dia do nosso aniversário, gostamos de receber presentes e é por isso que nesta quadra festiva devemos também oferecer. Oferecer a Cristo, que é o aniversariante. E a melhor oferta que se pode fazer é ser solidário e ajudar os mais pobres e necessitados, pois é através deles que o Messias se manifesta no mundo de hoje. Em vez de esperarmos o Pai Natal, sejamos nós mesmos o pai natal de outros, daqueles que muitas vezes nem para comer têm dinheiro. Este ano, a forma que arranjei de ajudar foi doando roupa. Quando chegou o Inverno, reparei que haviam roupas em óptimo estado mas que eu já não utilizava. Coloquei-as num saco e levei-as para um caixote que é colocado todos os anos no pavilhão do DECivil do IST.
Se tiverem roupas que já não usem, façam uma doação. E não precisam esperar por esta altura do ano, basta irem a uma Casa do Gaiato, a uma igreja ou a vários pontos por todo o país criados com esse propósito.





Feliz Natal para todos!

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Cinema de Natal

Por ser das poucas alturas do ano em que nos apetece dar mais do que receber, deixei-me contagiar pelo espírito solidário do Natal e deixo aqui duas sugestões de filmes (uma delas, 3 em 1) para ver na noite de Natal, depois do almoço de Natal ou em qualquer outra altura que queiram.

Fred Claus (2007)
E se o Pai Natal tivesse uma família? Esta conta a hitória de Fred, o irmão mais velho de Nicholas, o Pai Natal. Este ano Fred vai passar o Natal com o irmão ao Pólo Norte, mas em miúdos ele detestava Nick por ser o filho preferido da mãe. Como será que vai correr este Natal da família Claus?



The Santa Clause (1994)
Scott Calvin, pai divorciado de um míudo de 6 anos, decide que será neste ano que contará ao filho que o Pai Natal não existe, uma vez que a criança vem passar o Natal a sua casa. Porém, na noite de Natal Scott ouve uns ruídos estranhos no telhado e vai averiguar. Inadvertidamente, mata o velhote de barbas brancas e acaba por se transformar ele próprio no Pai Natal.
Em Santa Clause 2 (2002), Scott terá de encontrar uma esposa, Mrs. Claus. E em Santa Claus 3 (2006), Jack Frost quer passar a ser o Pai Natal.






Feliz Natal!

domingo, 21 de dezembro de 2008

Sabia Que?

Os cães têm o nariz molhado para poderem cheirar melhor?

Uma das mais misteriosas dúvidas do Universo foi finalmente desfeita: os cães têm os narizes húmidos para poderem captar cheiros de forma mais eficaz. A revelação foi publicada pela revista New Scientist com base no estudo de uma equipa de invertigação da Universidade da Pensilvânia. Segundo os cientistas, o nariz canino molhado absorve mais moléculas do odor e é capaz de as distinguir melhor.

in Revista SÁBADO nº 240, de 4 a 10 de Dezembro de 2008

Para saber mais sobre o assunto pode consultar este artigo


Já agora, o nariz do cão é também a sua parte do corpo mais fria. Isto porque, tal como os humanos controlam a temperatura corporal através da pele, os cães fazem-no pelo nariz. (Esta informação foi encontrada aqui.)

sábado, 20 de dezembro de 2008

Little people in the city

O que tem esta foto de extraordinário?


À primeira vista, a foto não tem nada de especial. Mas se olharmos bem conseguimos perceber uma pequena escultura...a que está representada nesta outra imagem



Eu sou fanático de miniaturas! Quando vejo algo representado a escala minúscula como reprodução quase perfeita da realidade fico extasiado. E fiquei maravilhado quando descobri que um senhor de Londres anda a espalhar esculturas em miniatura por vários pontos da cidade. Os mais atentos reparam nelas, mas a maioria das pessoas (provavelmente cegas pela azáfama quotidiana) acaba por as pisar e destruir e há até mesmo quem as roube. Devido a essa volatilidade do seu trabalho, este artista de face desconhecida fotografa os seus trabalhos imediatamente a seguir a estes serem concluídos e juntou-os num livro que está à venda por cerca de 7,50€. Algumas destas fotos estão também no seu blog, de onde foi retirada esta cena, com o título " They're not pets, Susan" (Susana, eles não são animais de estimação).

Se quiserem conhecer melhor o trabalho deste senhor, é só clicar aqui...

Voltar a casa...

Férias de Natal é altura de regressar à terra-mãe: São Miguel, Açores.
Com a azáfama de preparar a mala, o material necessário para estudar para os exames de Janeiro, os passeios para despedir da namorada (e de Lisboa) fizeram-me ter de deixar este espaço para segundo plano. Agora já instalado na casa da ilha, estou pronto para vos 'informar' durante esta quadra festiva.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

É Natal!

Já há muito tempo que cheira a Natal pelas ruas, e a neve das terras altas criou um cenário maravilhoso para esta quadra! Para mim, só esta semana é que entrei no espírito natalício, isto porque os estudos e a tese não me deixaram pensar muito nisso. Então, só esta semana fui tratar de comprar os presentes para as pessoas de quem gosto e foi nesse passeio que ouvi as primeiras músicas de Natal que despertaram o bichinho da quadra em mim. A propósito, deixo uma música tradicional (em inglês) de que eu gosto muito e que parece muito engraçada para as crianças aprenderem a contar. Afinal, é nelas que se centra esta quadra festiva. Feliz Natal para todos!

Regresso...

Depois de uns dias de preguiça seguidos de outros sem acesso à internet, já passou uma semana deste o último post. Muito se passou e muito poderia escrever, mas decidi nem me dar ao trabalho (apanho a carruagem a partir daqui).

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Coldplay plagearam Joe Satriani?

Esta é uma notícia que surge do diário gratuito METRO de hoje, onde se indica na página 12 que Joe Satriani diz ao site MusicRadar que pensa em processar os Coldplay por plagearem uma de suas músicas: "Assim que ouvi, soube logo que era a minha 'If I Could Fly'. Parecia um punhal a entrar no meu coração". A música que é alvo desta polémica é a nova canção da banda de Londres 'Viva la Vida, do álbum com o mesmo nome.
Fui pesquisar, e o resultado dessa pesquisa foi este vídeo:

Se quiserem ouvir as duas músicas isoladas cliquem aqui e aqui

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Jeff Dunham & Peanut

Hoje escolhi um vídeo de Jeff Dunham, um dos melhores vetríloquos do mundo, com um dos seus inúmeros amigos, Peanut. Eu acho muita piada aos vídeos dele e como dou uns toques no inglês prefiro ver as piadas na linguagem original. No entanto neste post, pensando nas pessoas que estão menos à vontade com o inglês, deixo aqui o vídeo legendado. Para verem mais videos, basta vir aqui. O vídeo do Achmed é muito divertido e os do Walter são de partir o côco a rir. Não deixem de espreitar ;)

domingo, 7 de dezembro de 2008

Incubus - Dig

Porque não há imaginação para mais, porque não há motivação para melhor, porque é uma banda que me diz algo e porque a música tem um sentido especial, deixo-vos com Dig, dos Incubus.

sábado, 6 de dezembro de 2008

Charada! - Uma questão de idades

António Manuel, grande empresário de hotelaria no Algarve onde vive, casou-se apenas com 22 anos quando ainda era recepcionista de um hotel do pai. Desse casamento com Daniela nasceu Rudolfo, o seu primeiro filho. António Manuel tinha 25 anos quanto foi pai pela primeira vez. Mais tarde, divorciou-se de Daniela porque se tinha apaixonado por Cláudia, com que mestá actualmente casado e de quem já tem uma filhota, a Catarina.
Certa vez, quanto António Manuel pretendia contratar um gestor para um dos hotéis da sua cadeia, colocou a seguinte questão aos candidatos:
Eu tenho dois filhos. Hoje a minha idade é o dobro da soma das idades dos meus filhos. Daqui a dez anos, a soma das idades de meus filhos será igual à minha idade actual. Se eu lhe disser que fui pai pela primeira vez aos vinte e cinco anos, sabe-me dizer que idade tenho?

E tu? és capaz de dizer que idade tem o António Manuel? E que idades têm os seus filhos, Rudolfo e Catarina?

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Sabia Que?

O riso tem um sentido social e não é meramente uma manifestação de humor?

Um estudo que data de 1999, realizado por Robert Provine, investigador da Universidade de Maryland, refere que o riso é parte de uma linguagem humana universal, que todos os humanos entendem e não precisam aprender, independentemente da sua nacionalidade. Refere ainda que o riso é uma capacidade inata que se começa a manifestar a partir dos 4 meses de vida e que é incontrolável. É uma reacção inconsciente e genuína, que não pode ser forçada nem fingida. Se repararmos bem, rimos mais quando estamos num grupo de amigos do que quando estamos sós. Por exemplo, ao visionar um video engraçado sozinhos podemos esboçar um sorriso, mas ao ver o mesmo vídeo no seio de um grupo é muito provável que libertemos uma grande e sonora gargalhada. O riso é uma mensagem que enviamos aos outros, para lhes mostrar que nos sentimos bem com eles. Daí também se dizer que o riso é contagioso, não só por ser um 'ritual' de grupo, um acto social, mas também porque somos capazes de rir do próprio riso (o estudo refere que a maioria das pessoas se ri quando o boneco "Elmo Faz-me Cócegas" emite o som semelhante a uma gargalhada humana.
A tese que apoia a hipótese do riso ser um sinal social está relacionada com uma característica que os primatas apresentam e que se pensa ser uma raíz do que é hoje o riso humano. Essa característica é a reacção que chimpanzés e gorilas manifestam quando lhes fazemos cócegas, emitindo um som que se pode identificar como sendo um "riso símio".


Para saber mais sobre o assunto pode consultar este artigo

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Recheio de peixe au béchamél

Hoje fui 'despromovido' a ajudante de cozinha e a minha chefe cozinheira propôs um recheio de peixe ideal para colocar numa massa. E foi este o nosso jantar, utilizando o recheio numa massa de ovo chinesa à venda no Continente (embalagem vermelha).


RECHEIO DE PEIXE AU BÉCHAMEL

Ingredientes

- 3 filetes de pescada (pode ser utilizado outro tipo de peixe)
- 250g de miolo de camarão
- 250g de delícias-do-mar
- 1 lata de milho doce (pequena)
- 1 cebola
- azeite
- leite
- orégãos
- caldos knorr (peixe, massa, carne)
- pimenta
- molho béchamel

Preparação

Faça um refogado com a cebola picada e o azeite. Paralelamente, coza o peixe em água temperada com orégãos, pimenta e um pedaço de um caldo knorr para peixe. No refogado, junte o miolo de camarão e adicione um pedaço de um cubo de knorr para massas. Espere até o camarão estar cozinhado. Nessa altura, junte o peixe e adicione um pouco de leite apenas para manter o preparado húmido. Coloque parte de um cubo de caldo knorr para carnes, dissolva-o e depois junte as delícias-do-mar. Finalmente, junte o milho doce, simplesmente para aquecê-lo. A esta mistura junte molho béchamel (comprado ou feito como explicado num post anterior). Et voilá! Este recheio muito saboroso serve para muitos pratos, como o delicioso prato de massa do nosso jantar, uma lasanha de peixe ou um pastel de peixe (feito com massa folhada. Neste caso, deve ser usado menor quantidade de de béchamel para que o recheio fique mais consistente).


Bon Appétit!

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Quiche colorida de atum

Quando não se sabe o que fazer para jantar, ora faz-se uma massinha ora uma quiche. Hoje o jantar foi da minha responsabilidade e a opção foi a quiche (a massa fica para amanhã)


QUICHE COLORIDA DE ATUM

Ingredientes

- 2 latas de atum
- 250g de miolo de camarão
- 1 embalagem de massa quebrada
- 150g de delícias-do-mar
- 100g de pimento vermelho picado
- 100g de pimento verde picado
- 1 lata de milho doce (pequena)
- 1 alho francês
- 1 cebola
- 1 pacote de natas
- 3 ovos
- azeite
- polpa de tomate
- sal, pimenta e alho em pó q.b.

Preparação

Faça um refogado com a cebola picada, o alho em pó e o azeite. Quando a cebola estiver mole, junte a polpa de tomate e deixe apurar em lume brando por uns breves minutos. De seguida, junte o miolo de camarão, deixe-o ganhar côr e depois junte o atum. Tempere com sal e pimenta a gosto. Junte as delícias-do-mar e deixe-as amolecer. Seguidamente, junte os pimentos e o milho e deixe cozinhar um pouco. Por fim, junte o alho francês e mantenha o lume aceso até o alho francês amolecer.
Entretanto, bata as natas até ganharem alguma consistência. adicione os três ovos e volte a bater até obter um creme homogéneo.
Disponha a massa numa tarteira. Se esta for colocada com o papel vegetal não é necessário untar a forma. Pique com um garfo a massa que fica no fundo para que não fique crua. Junte o preparado para o recheio, cubra com o creme de ovos e natas e está pronto a ir para o forno!

O aspecto final desta experiência culinária é este:

Bon Appétit!

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Filas de Supermercado

Hoje recordei um episódio a que assisti na semana passada enquanto estava na fila do supermercado e decidi que seria esse o assunto de hoje.
Estava então eu numa das filas de pagamento (que naquele dia estavam extraordinariamente longas) quanto se pôs atrás de mim um casal e ouvi a seguinte conversa:
- Porque é que não vais para ali? - perguntava o homem à mulher, referindo-se às caixas self-service a que os clientes do Continente já se habituaram.
Ao que a mulher responde:
- Eles ali querem é pôr-nos a trabalhar por eles! - e acrescenta ainda - Quer dizer, nos vimos às compras, pagamos os artigos e ainda temos de fazer o serviço deles?
É de realçar que a senhora não tinha nas mãos mais do que meia dúzia de artigos e que as referidas caixas estavam mesmo ali a meia dúzia de passos e que o tempo de espera seria certamente menor do que nas caixas normais.
Eu fiquei sem reacção. Não sabia se havia de rir pela piada da situação ou se havia de chorar pela "nem-sei-o-que-lhe-chame" da senhora (ignorância, estupidez, arrogância, não sei!).
Na minha opinião estas caixas são muito úteis e vieram auxiliar em muito aqueles clientes que pretendem apenas um ou dois artigos mas que desejariam não ter de esperar tanto tempo para os pagar, como por sinal era a situação da senhora em questão (e pelos vistos o marido partilha da mesma opinião que eu). A única coisa que os senhores da SONAE nos pedem em troca da redução do tempo de espera é que sejamos nós a validar os artigos na máquina, o que eu não acho que seja mau de todo (ao contrário da senhora) e que o cliente é quem mais fica a ganhar uma vez que tempo é dinheiro.
O único inconveniente das máquinas é que, ao princípio, parecem confusas. Mas está sempre lá uma assistente que nos ajuda se precisarmos e a própria máquina 'debita' instruções. Depois da primeira vez a trabalhar com a máquina torna-se tudo mais fácil!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Lúcia Moniz - Chuva

Estava a ouvir música portuguesa na rádio Cotonete e passou esta música de uma grande cantora que tem raízes açorianas. E como gosto da música, decidi procurar o vídeo para postar :)

1º de Dezembro

Porque é que hoje é Feriado Nacional?

Tudo começou quando um rapazola, que era rei de Portugal, conhecido como D. Sebastião, decidiu ir para a guerra em África. Armado em herói, por lá morreu em Alcácer Quibir e dada a sua tenra idade (apenas 24 anitos) não deixou descendência ( mesmo que deixasse não teriam idade para reinar). O seu parente (ascendente) mais próximo ainda vivo era o seu tio-avô, Cardeal D. Henrique, que foi aclamado rei após a morte do sobrinho. Devido à profissão de Henrique (pertencia ao clero) este não teria descendência, logo era um rei provisório e deveria decidir quem seria o seu sucessor. Vai daí que o homem morre entretanto e fica instalada a confusão, com três candidatos ao trono do nosso país: António, o Prior do Crato; Filipe II rei de Espanha; e Catarina, duquesa de Bragança. Acabou por ser aclamado D. António I, mas a pressão espanhola fez com que Filipe II de Espanha passasse a ser também Filipe I de Portugal. Este prometeu aos tugas da altura que iria manter o país com uma certa independência, mas o seus sucessores, Filipe II e Filipe III, queriam era tornar Espanha maior... O povo há muito que não estava contente, mas a guerra dos 30 anos espanhola retirou muitas regalias à fidalguia portuguesa, que deixou de estar contente também. Então reza a História que uns 40 homens da nobreza, no dia 1 de Dezembro de 1640 entraram "casa adentro" (Paço Real de Lisboa) da vice-rainha e atiraram o seu Secretário de Estado, Miguel de Vasconcelos (considerado traidor por ser português e apoiar o domínio filipino), janela fora. Com esta morte, puseram-se à janela e aclamaram D. João IV Rei de Portugal.
Desta forma, Portugal voltou a ser um país independente e este dia foi reconhecido como o Dia da Restauração da Independência (apesar de só 28 anos depois Espanha ter dado o braço a torcer...)
Para perceberem melhor o porquê de serem estes os personagens desta história e não outros, fica aqui parte da árvore genealógica do Rei D. Manuel I, que era "pai" desta gente toda!



Curiosidade: se Portugal fosse uma Monarquia, hoje seria rei D. Duarte Pio duque de Bragança, que ainda tem sangue desse tal D. João IV a correr-lhe nas veias.

PS: Decidi-me por esta forma de escrita para dar um tom divertido ao texto. Não era minha intenção fazer um relato histórico, porém os factos são verídicos e constam na História de Portugal. Nada disto foi inventado.

domingo, 30 de novembro de 2008

Charada! - O Teste de Einstein

Albert Einstein escreveu este teste de Q.I. (raciocínio lógico) no século passado e afirmou que 98% das pessoas não são capazes de o resolver.

Sabe-se que:
1. Há cinco casas de diferentes cores;
2. Em cada casa mora uma pessoa de uma diferente nacionalidade;
3. Esses cinco proprietários bebem diferentes bebidas, fumam diferentes tipos de cigarros e têm
um certo animal de estimação;
4. Nenhum deles tem o mesmo animal, fuma o mesmo cigarro ou bebe a mesma bebida.

A questão que se coloca é:
Quem tem um peixe como animal de estimação?

DICAS:
i) O Inglês vive na casa Amarela
ii) O Sueco tem Cachorros como animais de estimação
iii) O Dinamarquês bebe Chá
iv) A casa Verde fica ao lado esquerdo da casa Branca
v) O homem que vive na casa Verde bebe Café
vi) O homem que fuma Pall Mall cria Pássaros
vii) O homem que vive na casa Amarela fuma Dunhill
viii) O homem que vive na casa do meio bebe Leite
ix) O Norueguês vive na primeira casa
x) O homem que fuma Blends vive ao lado do que tem Gatos
xi) O homem que cria Cavalos vive ao lado do que fuma Dunhill
xii) O homem que fuma BlueMaster bebe Cerveja
xiii) O Alemão fuma Prince
xiv) O Norueguês vive ao lado da casa Azul
xv) O homem que fuma Blends é vizinho do que bebe Água

Será que você faz parte desse selecto grupo de pessoas (apenas 2% da população mundial!) capaz
de resolver este problema?

Dêem as respostas em comentário a este post e eu informarei quando for dada a resposta correcta.

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Senta-te a Rir - Ping Pong Matrix

Os japoneses são mesmo umas cabecinhas pensadoras...Hoje publico sobre um outro concurso, cujo objectivo é encenar um sketch com efeitos especiais (género Matrix) ao vivo. Para conseguir esses efeitos especiais recorrem ao método da cortina preta como fundo da cena. Junto com os actores em cena estão também os actores "invisiveis", isto é, são actores vestidos todos de preto (com fatos especiais) que controlam os objectos que serão sujeitos a efeitos especiais. Depois é atribuída uma pontuação, por um júri, de acordo com a prestação. Um sketch bastante pontuado foi o Ping-Pong Matrix

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Let´s Look at the Trailer - Jaime Bom (2003)

Hoje esta rubrica é dedicada ao cinema amador, mais precisamente aquele de que faço parte. 'Jaime Bom - Hás-de Morrer um dia desses' é uma paródia aos filmes de James Bond idealizada pelo meu grande amigo Hugo Almeida, argumentista do filme. O filme foi realizado pelo grupo de jovens 'Mensageiros da Luz' da freguesia do Pico da Pedra (São Miguel - Açores), ao qual pertencíamos.

Quanto ao filme em si, a ficha técnica que acompanha o CD é a seguinte:

Desta vez Jaime Bom (Pedro Ramos) tem de deter o Hóme d'Ouro (Luís Aguiar) e impedir que este destrua a lua. Para isso,ele conta com a ajuda de Q (Hugo Almeida) e das suas engenhosas tecnologias.

O trailer a este filme é o que vos deixo...



PS: Devido à má qualidade sonora da película (culpa do 'amadorismo') e ao idioma ser o 'açoriano', o filme só será perceptível com legendas. Com mais tempo irei produzir a versão legendada e, se possível, irei publicá-la.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Banda Sonora da Minha Vida - Os Dois(Tiago Bettencourt)

Hoje decidi publicar mais uma música, para agradar ao ouvido... Os Dois, de Tiago Bettecourt & Mantha.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Charada! - A ponte

A Ponte

Um homem levava consigo um cão, um gato e um rato para os vender numa feira, quando chegou a uma ponte sobre uma enorme ravina. Nessa ponte havia um letreiro que dizia:

"Ponte Muito Sensível: só pode ser atravessada por dois seres! Se tentarem atravessar três ou mais seres em simultâneo a ponte cai e o fundo da ravina conhecerão"

Sabendo que:
1 - O cão não pode ficar sozinho com o gato porque o come
2 - O gato não pode ficar sozinho com o rato porque o come
Como é que o homem consegue chegar à outra margem sem perder nenhum dos animais?

(Espero pelas vossas respostas nos comentários a este post. Quando alguém acertar eu aviso. Se estiver difícil de lá chegarem eu dou-vos a resposta.)

Sabia Que?

Existem diversas formas de efectuar cálculos sem ser necessário uma máquina fazê-lo por nós?

Pois é! Ou como achas que faziam antes de as calculadoras e os computadores serem inventados? Há poucas gerações atrás eram utilizados os ábacos e as réguas de cálculo. Os comerciantes da Idade Média também necessitavam de realizar os seus cálculos. E os Egípcios multiplicavam fazendo um truque com as mãos!

Mas não é só com as mãos que é possível multiplicar... Este vídeo mostra como se pode fazer uma operação de multiplicação sem saber a tabuada. Para isso basta saber contar...Ora vejam!

video

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Senta-te a Rir - Tetris Humano

Os japoneses são conhecidos pela sua originalidade, não só no que toca a novas tecnologias mas também em alguns concursos televisivos que criam e hoje apresento-vos um exemplo disso mesmo. Embora o jogo seja conhecido como Human Tetris, nada tem haver com o clássico joguinho que todos conhecemos. Neste concurso o desafio é transpor uma parede móvel, através dos 'buracos'. Caso não consigam atravessar o muro caem numa piscina. É interessante ver a originalidade da forma dos 'buracos' e melhor ainda é a imaginação dos concorrentes para não cair à água.

domingo, 23 de novembro de 2008

Novos Temas!!

Existem mais alguns temas sobre os quais pretendo postar:

O Nosso Mundo - destinado a apresentar notícias sobre o que se passa à nossa volta (científicas, políticas, desportivas, etc...)

Senta-te a Rir - para que gosta de ver vídeos engraçados, imagens cómicas ou simplesmente gosta de dar uma boa gargalhada, um tema dedicado ao humor

Charada! - adivinhas, puzzles e jogos mentais serão publicados de quando em vez.

Let´s Look at the Trailer - Blindness (2008)

Ainda não fui ver o filme, mas nas minhas deslocações diárias no metro tenho andado a ouvir o audiobook e acho uma história muito interessante. Quero ver o filme e aconselho também a irem ver

Sabores - Couve-flor gratinada

Como tinha prometido, aqui está a minha versão de couve-flor gratinada, que é para não me esquecer...


COUVE-FLOR GRATINADA

Ingredientes (4 pessoas)

- 1 couve-flor grande
- 500ml de molho béchamel
- pão ralado q.b.


Preparação

Tire as folhas verdes da couve, lave em água abundante e escorra. Coloque a couve inteira a cozer, mas não deixe ficar mole. Escorra bem e parta em pedacinhos pequenos, colocando-os num recipiente de ir ao forno. Cubra com o molho béchamel, polvilhe com pão ralado (se preferir utilize queijo ralado).

Como podem ver é uma receita bastante simples e económica!

O molho béchamel pode ser daquele comprado, mas eu prefiro utilizar um feito em casa, seguindo uma receita que a ‘Flor-Da-Minha-Vida’ me ensinou.

MOLHO BÉCHAMEL

As quantidades dependem do volume final pretendido, mas os ingredientes são: manteiga, farinha de trigo, leite, sal, pimenta e noz moscada.
Convém que a quantidade de farinha seja sempre um pouco menos que a de manteiga, para não formar grumos. Começa-se por derreter a manteigae depois junta-se a farinha. Em seguida, vai-se adicionando leite aos poucos até a massa se tornar mais líquida (atenção para não ficar líquido demais! Deverá apresentar uma certa viscosidade). Finalmente é só temperar a gosto com sal, pimenta e noz moscada.


Bon Appétit!

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Let´s Look at the Trailer - A Good Year (2006)

Um filme leve e ao mesmo tempo sério, capaz de nos pôr a pensar sobre as coisas básicas da vida. Viver para trabalhar ou trabalhar para viver? fica lançada a questão...Um filme que recomendo, cinco estrelas!

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Sabia Que?

Os vírus não são considerados seres vivos?

A maioria dos biólogos considera os vírus como não vivos porque eles não podem crescer nem se multiplicar sozinhos. Para se reproduziram devem parasitar células vivas e usar maquinaria molecular dessas células

in Griffiths et al, Introdução à Genética, 8ª edição, Guanabara Koogan

Sabores - Medalhões de Pescada c/ Presunto

De vez em quando apetece-me experimentar receitas que encontro na net, ou mesmo receitas que eu próprio invento. Hoje para o jantar decidi inventar!


MEDALHÕES DE PESCADA COM PRESUNTO

Ingredientes (4 pessoas)

- 4 medalhões de pescada
- 4 fatias de presunto
- 1 cebola
- 2 dentes de alho
- 1 frasco pequeno de polpa de tomate
- 1 cálice de vinho do Porto branco
- sumo de 1/2 limão
- azeite
- óleo
- farinha
- sal, pimenta e noz moscada q.b.

Preparação

Comece por preparar um refogado de tomate:
Pique a cebola e corte o alho em lâminas. Junte um pouco de azeite e deixe alourar. Depois, junte a polpa de tomate e o cálice do vinho do Porto. Deixe levantar fervura e depois reserve.
Tempere o peixe com sal, pimenta e o sumo de limão e deixe tomar gosto enquanto aquece um pouco de óleo numa frigideira. Quando este estiver quente, passe o peixe em farinha e frite-os durante cerca de 2min de cada lado. Enrole uma fatia de presunto em cada medalhão e coloque num recipiente de levar ao forno (usei uma travessa de barro). Regue com o refogado de tomate e leve ao forno durante cerca de 30min.


O acompanhamento fica ao critério de cada um, mas como cá em casa se anda a comer poucos vegetais decidi experimentar uma novidade: couve-flor gratinada, cuja receita irei postar em momento mais oportuno.

Bon Appétit!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Banda Sonora da Minha Vida - Um volto já (JPP)

E para começar, uma música que vai tocar em todos os rádios, pc's, ipod's, iphone's, mp3, etc...

O conteúdo de "Num Outro Lugar"

Ao invés de diversos blogs destinados a diferentes assuntos decidi criar rubricas dentro deste blog.
Assim, aqui se apresentam algumas rubricas a publicar e o respectivo assunto:

Banda Sonora da Minha Vida - como o próprio nome indica, destina-se a publicar algumas das minhas músicas preferidas

Sabores - aqui apresentarei alguns dos meus cozinhados (inventados ou seguindo receitas de outros)

Let´s Look at the Trailer
- o assunto abordado será o cinema (comercial ou caseiro) e as artes visuais

Sabia Que? - curiosidades que vou descobrindo e acho interessantes


Até Sempre!

O 1º Post

Caros Cibernautas,

Após me tornar visita assídua de blogs de amigos e algumas personalidades nacionais decidi eu próprio criar o meu blog, e este é o post de apresentação.

Aqui vou postar sobre diversos assuntos: culinária; música; actualidade; etc, por isso este blog não tem um tema global pré-definido. A minha perspectiva acerca dos blogs é que estes funcionam como o levantar de uma cortina sobre aqueles que o redigem, uma partilha de paixões e emoções à distância de um clik! através de um blog podem esclarecer-se dúvidas, criar laços de amizades ou fortalecê-los e ainda aumentar a nossa cultura.

Espero que gostem deste blog, que naturalmente irá sofrer diversas alterações e mutações, tal e qual a personalidade de cada um de nós!

N M Alves